in

GARGALHEIGARGALHEI

A história do jovem que enganou uma cidade inteira com a falsa construção de um shopping

Com cerca de 700 mil desempregados no estado de Pernambuco, uma seleção de emprego falsa levou cerca de 3 mil pessoas ao Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife

Candidatos a vagas de emprego do suposto shopping, chegaram cedo para tentar entregar currículos ou passar pela seleção, no Cabo de Santo Agostinho, no Grande Recife

O anúncio da abertura da nova obra e de novas aberturas de vagas de emprego, levaram centenas de pessoas a formarem uma longa fila

Parece mentira, mas é verdade! 

Um jovem Pernambuco de 22 anos criou um perfil falso em nome de um shopping e divulgou a notícia de que um antigo galpão seria transformado em um novo shopping e que a obra ficaria pronta em apenas 22 HORAS.

Mesmo com tantas informações confusas, os candidatos resolveram arriscar e foram chegando ao local ainda na madrugada de terça-feira (20)

GEEENTE, VINTE E DUAS HORAS foi o tempo previsto para a construção do shopping. Não é tempo suficiente nem para preparar uma boa feijoada. Mas segue a história…

22 horas…

O resultado é que tudo obviamente não passava de uma mentira e as pessoas acreditaram a ponto de praticamente parar a cidade

Foram mais de 3 mil pessoas que se aglomeraram em frente ao local, onde mais de 500 vagas de emprego estariam sendo oferecidas.

Confira a reportagem:

Segundo informações, o jovem tem alguns distúrbios psicológicos que o fazem acreditar cegamente naquilo que ele mesmo inventa e ele não será indiciado. Saiba mais

Alguns relatos foram feitos nas redes sociais:

De acordo com a polícia, Vitor teve acesso ao galpão com a confiança de pessoas que trabalham no local. Ele disse que faria uma vistoria no espaço e surpreendeu a todos marcando entrevistas e recebendo possíveis futuros empregados para o fantasioso shopping.

Os pais de Vitor prestaram depoimento ao delegado na tarde desta terça-feira, inclusive com os laudos médicos que atestam a bipolaridade que o filho é acometido.  Dona Rosângela, mãe do jovem, disse que não sabia da divulgação das vagas.

“Ele tem problema, ele é bipolar (…) Ele não queria prejudicar ninguém, ele criou e achou que ia dar certo e que iria ajudar muita gente com esse emprego. Mas a mente dele criou tudo isso. Na verdade, ele não sabe a proporção que causou”, disse. “Eu estou aqui para falar a verdade. Não está sendo fácil pra mim”, desabafou a mãe. 

Essa é uma daquelas situações que não faz ninguém gargalhar, mas que ao mesmo tempo faz a gente pensar: PQP !!!!!!!

Certifique sempre as fontes de qualquer notícia: 
G1
Rádio Jornal NE10 – UOL
JC Online

One Ping

  1. Pingback:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comentários

Comentários